CENSO VAI LEVANTAR DEMANDA DE FORMAÇÃO DE EDUCADORES E GESTORES DA REDE ESTADUAL*

Posted on Leave a commentPosted in Uncategorized

Professores, coordenadores pedagógicos e gestores das unidades escolares da rede estadual de ensino poderão participar do Censo da Formação dos Profissionais da Educação Básica (Formacenso). A iniciativa da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, realizada pelo Instituto Anísio Teixeira (IAT), busca promover a consulta sobre o interesse de participação em processos de formação, com o objetivo de subsidiar a oferta de cursos a serem realizados pelo IAT. O formulário será online e disponível até o dia 30 de abril, no endereço http://formacenso.educacao.ba.gov.br/

APLB Sindicato faz 65 anos de muitas Lutas e História

Posted on Leave a commentPosted in Uncategorized

A APLB foi fundada em 24 de abril de 1952, motivada pela ideia desafiadora da formação de uma Associação que defendesse os interesses dos/as trabalhadores/as da educação, criando um espírito de classe. A APLB, a partir de então, foi se fortalecendo, lutando contra as adversidades, ampliando sua atuação, sobrevivendo por mais de seis décadas aos ataques da classe dominante, motivada pela defesa da luta dos/as educadores/as.

Acompanhou as mudanças sociais e políticas, se adequou às exigências da organização da classe trabalhadora, se articulou em todo o Estado da Bahia e em nível nacional, passou a ser uma entidade sindical forte, com atuação ampla e referenciada no espírito de classe.

Sua atuação, desde o princípio tem como objetivo a defesa, construção e fortalecimento da educação pública de qualidade, que oportunize uma cultura crítica da sociedade e enraíze a consciência de educandos e educadores com vistas a um país justo e igualitário.

Queremos, na comemoração de 65 anos de existência dessa combativa entidade, nos aliar à merecida festividade, com a certeza de que a APLB-Sindicato continuará sua luta intransigente em defesa dos/as educadores/as baianos e brasileiros, da educação pública de qualidade e da classe trabalhadora.

Parabéns, APLB-Sindicato!

Brasília, 24 de abril de 2017.
Diretoria Executiva

OS PROFESSORES BI-OCUPANTES DA REDE MUNICIPAL  DE JEQUIÉ, QUE TÊM MAIS UM VÍNCULO NA REDE ESTADUAL DE ENSINO, TIVERAM SUA SITUAÇÃO REGULARIZADA

Posted on Leave a commentPosted in Uncategorized

A APLB Sindicato de Jequié, desde o ano de 2015, em cumprimento da decisão de uma reunião ampliada com os professores bi-ocupantes da Rede Municipal de Ensino de Jequié e que têm mais um vínculo na Rede Estadual, agilizou algumas providências a serem tomadas para resolver a pendência. O jurídico do Sindicato propôs alterar a carga horária de trabalho dos professores em uma matrícula, de 20 para 40 horas, no vínculo da rede municipal. Para tanto, os professores tiveram que solicitar a exoneração do outro vínculo condicionada à alteração da carga-horária, e assim foi feito. Após os trâmites, esses professores tiveram a regularização da vida funcional oficializada no Diário oficial do Município, nesta terça-feira, dia 11/04. 

A Professora Caroline Moraes, Diretora da APLB Sindicato de Jequié, explicou que a alteração da jornada de trabalho de 20 para 40 horas é uma peculiaridade do magistério e que tem previsão legal no art. 28 da Lei Municipal n. 1.613/2004 (Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal).

Confira o link do Diário Oficial

NOTA DE AGRADECIMENTO

Posted on Leave a commentPosted in Uncategorized

A diretoria e funcionários da APLB Sindicato de Jequié agradece cada experiência ao lado dos professores e diretores do Sindicato Danilo Pereira e Karina Tourinho. Guardaremos histórias engraçadas e momentos únicos de companheirismo e muita luta e estaremos no aguardo do retorno de vocês para suas funções referentes ao Mandato Sindical.
Trabalhar em equipe é ter várias pessoas diferentes lutando por um objetivo igual e comum. Para que o trabalho tenha bons resultados, é fundamental que cada um dos membros da equipe dê o seu melhor. E foi isso que a diretora Karina Tourinho e o secretário Danilo Pereira fizeram. Deram o que tinham de melhor em si por uma causa nobre: lutar pela valorização dos/as professores/as da Rede Municipal e Estadual de Ensino.
Ninguém é nada sozinho. E se queremos fazer algo grande, importante e que nos traga orgulho, precisamos fazer em equipe. Alcançar o sucesso com um esforço coletivo é muito mais prazeroso, não é verdade? Trabalhando em equipe ficamos mais motivados e comprometidos, afinal uns dependem dos outros, e todos são responsáveis pelas falhas e pelo sucesso. Por isso, o trabalho em equipe deixa todos mais fortes. Temos a plena certeza que com vocês nós fomos!

No último dia de Greve, APLB promove campanha de doação de sangue

Posted on Leave a commentPosted in Uncategorized

Nesta sexta-feira(24), último dia de Greve Geral Nacional, a APLB Sindicato de Jequié promoveu a Campanha de Doação de Sangue: “Eu dou sangue pelos meus direitos”. Professores da Rede Municipal e Rede Estadual de Ensino estiveram presentes no Hemoba (anexo ao Hospital Geral Prado Valadares) para doar sangue para os que precisam de esperança no tratamento de enfermidades.

Para a Diretora da APLB, Caroline Moraes, este é um momento de mostrar a população jequieense que a Greve Geral Nacional é justa. “Nós vamos para as ruas sim, mas também pensamos no bem da população, por isso doamos nosso sangue para mostrar a responsabilidade do movimento e o nosso compromisso com o cidadão brasileiro”, afirmou.

A categoria de trabalhadores em educação retorna suas atividades escolares nessa segunda-feira (27), mas ainda continuam mobilizados e prontos para lutar por seus direitos. “A educação só será de fato emancipadora e de qualidade quando os seus trabalhadores forem respeitados e valorizados em seus direitos”, finalizou a diretora da APLB.

 

Professores da Rede Municipal de Jequié retornarão às escolas nessa segunda (27), porém estarão mobilizados

Posted on Leave a commentPosted in Uncategorized

 

A APLB Sindicato realizou nesta quinta-feira (23) uma Assembleia com a categoria de professores para discutir as demandas da educação municipal e avaliar a greve geral contra a Reforma da Previdência e pela aplicação do Piso Salarial de 2017.

Com pauta extensa, a diretora da APLB, Caroline Moraes, falou, dentre outros informes, sobre os documentos encaminhados ao Governo Municipal referente ao Piso Salarial de 2017, da criação da Mesa Permanente de Negociação, dos tramites judiciais dos precatórios do FUNDEF. Caroline também fez um resumo da audiência com o Secretário Municipal de Educação, realizada na última sexta-feira (17).

Sobre a Greve Geral, a Diretoria avaliou o movimento como positivo, mas ressaltou que a categoria de professores deverá ficar mobilizada até a próxima convocação do Sindicato. A APLB informou que solicitou do Secretário de Educação e do Conselho Municipal de Educação participar da discussão do calendário de reposição dos dias parados por conta da Greve Geral.

Houve a participação das mulheres representantes do Movimento de Mulheres Jequieenses em Luta para sensibilizar e buscar assinaturas dos/as participantes para um abaixo-assinado contra o fechamento do Centro de Referência a Mulher- CRM, pela prefeitura de Jequié. E ainda esteve presente a equipe do Hospital São Vicente com o objetivo de esclarecer sobre o convênio com a APLB Sindicato.